ampm

Informações de Mercado

Acesse nossas publicações

Análises do segmento de foodservice, estudos econômicos, papers relevantes, documentos selecionados para a sua tomada de decisão.

A inteligência de mercado do IFB ao seu dispor.

Quer conhecimento estratégico?
Seja bem-vindo!

Clique, consulte, baixe.

Entrar
Inovação

COVID-19: am/pm anuncia medidas e reforça papel no varejo de conveniência

Postado em 25 de março de 2020

Sendo a maior rede de lojas de conveniência do Brasil, a am/pm pertence a rede de Postos Ipiranga, conferindo à rede o conceito de “Posto Completo” e oferecendo serviços essenciais para a mobilidade e produtos de primeira necessidade para a população e complementando a receita necessária para o equilíbrio econômico do Posto como um todo.

Tanto as operações do posto Ipiranga como as da loja de conveniência am/pm foram adaptadas para atender às recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS) e Ministério da Saúde, oferecendo segurança para os funcionários e clientes em ambiente de fácil acesso e compras rápidas, sem aglomerações.

Este pacote provê os serviços essenciais à sociedade, em meio à pandemia do COVID-19 e o período de quarentena. Além da oferta tradicional, um pouco menos da metade do número de lojas am/pm são equipadas com padaria. É a maior rede de padarias do Brasil, com 900 pontos de vendas.

Em contexto de paralisação de lojas em alguns municípios pelo Brasil, em função de decretos de prefeituras, a rede vem aplicando esses esforços de adaptação, a fim de mostrar o papel essencial do varejo de conveniência, durante a crise do novo coronavírus.

“O varejo de proximidade é essencial nesse momento. Com cidades decretando estado de quarentena, quanto menor a distância que as pessoas precisem percorrer para abastecer suas despensas, melhor para a prevenção de novos casos. As lojas am/pm, por sua alta capilaridade, podem ajudar de forma segura a sociedade na rotina de compras de produtos essenciais”, diz Marcello Farrel, diretor da am/pm.

“Além do caráter essencial dos nossos serviços e produtos, as lojas de conveniência são importantes para o equilíbrio financeiro do posto como um todo. Com a diminuição brusca do consumo de combustível, os donos dos postos têm nas franquias de conveniência uma importante fonte adicional de receita, para manter as contas do posto em dia e contribuir com o abastecimento nacional de combustíveis e alimentos”, completa.

O esforço de aplicação dessas medidas de prevenção vem sendo aplicado para que os serviços continuem disponíveis para os brasileiros em quarentena. No entanto, em diversas regiões do Brasil, mais de 100 unidades am/pm estão paralisadas por decisões municipais, que determinaram funcionamento apenas das bombas dos postos.

“Temos exemplos no Brasil e no exterior, comprovando o papel essencial das lojas de conveniência durante o período de quarentena e achatamento da curva de novos casos. Municípios, como Campinas e Distrito Federal já ordenaram a suspensão das atividades de conveniência, por não entenderem ainda a importância do varejo de proximidade nesse momento. Em Santa Catarina, porém, o poder público teve esse entendimento e decidiu revogar a paralisação das lojas de conveniência. Em Xangai, na China, que já vem controlando a crise, foi demonstrado também o quão fundamentais foram esses serviços no período de isolamento”, acrescenta Farrel.

A Ipiranga, associada ao Sindicato Nacional das Empresas Distribuidoras de Combustíveis e de Lubrificantes (Sindicom), vem aplicando medidas de prevenção em linha com as determinações públicas, orientações da OMS e representação do setor. Mais no site.

Foto: reprodução

Informações de Mercado

Acesse nossas publicações

Análises do segmento de foodservice, estudos econômicos, papers relevantes, documentos selecionados para a sua tomada de decisão. A inteligência de mercado do IFB ao seu dispor.

Nome*
E-mail*
Empresa*