Informações de Mercado

Acesse nossas publicações

Análises do segmento de foodservice, estudos econômicos, papers relevantes, documentos selecionados para a sua tomada de decisão.

A inteligência de mercado do IFB ao seu dispor.

Quer conhecimento estratégico?
Seja bem-vindo!

Clique, consulte, baixe.

Entrar
Inovação

O que esperar do TFF Challenge 2019

Postado em 24 de setembro de 2019

Com a missão de capacitar inovadores em todas as partes do mundo, através de um programa único de educação interdisciplinar e apoio empresarial, e sob a visão de criar um sistema alimentar sustentável e inclusivo para a próxima geração, a Thought For Food (TFF) lança, no dia 16 outubro,- Dia Mundial da Alimentação – a 7ª edição do TFT Challenge!

Com uma abordagem única, o programa aproveita as habilidades de negócios e liderança necessário para o século XXI, unindo criatividade, colaboração, pensamento crítico e comunicação à metodologias de inovação comprovadas, como design thinking, princípios ágeis e enxutos, bem como mentalidade de crescimento.

Com isso, o desafio movimentou, até hoje, cerca de 12 mil participantes de mais de 160 países em busca de soluções alimentares em todo o mundo. Só no ano passado, foram mais de 800 equipes participantes que desencadearam uma onda de criatividade e ação!

Ao final do programa, 10 equipes foram selecionadas como finalistas e se juntaram ao campo de treinamento de inicialização de nove semanas do TFF, que culminou na chance de divulgar suas histórias, soluções e visões ao vivo na Cúpula do TFF, no Rio de Janeiro. Confira aqui como foi essa jornada! 

Segundo Albert Kure, integrante da Coating+ – equipe nigeriana formada por pesquisadores da Universidade de Ilorin e vencedora do ano passado – o desafio pode ajudar as startups a desenvolverem soluções comerciais, pois, além do prêmio em dinheiro, cria uma importante rede de contatos para viabilizar o projeto. 

Com o objetivo de ajudar a combater a fome oculta, a startup de Kure desenvolveu um revestimento biodegradável para alimentos frescos, sem cheiro e sem sabor, capaz de estender sua vida útil ao mesmo passo em que fornece micronutrientes de difícil acesso, aumentando, assim, seu valor nutricional. Em geral a cobertura dobra a validade de frutas e verduras nas gôndolas do mercado, “mas o tempo pode ser maior, dependendo do tipo de alimento”, explica Kure. “Isso diminui o desperdício e aumenta o potencial de comercialização da safra de pequenos agricultores”, finaliza. 

Para este ano, o TFT Challenge pede aos inovadores e às startups mais criativas do mundo que intensifiquem e desenvolvam suas idéias com foco no impacto social mais urgente de que precisamos: alimentar 9 bilhões de pessoas em 2050! 

Isso porque, segundo dados da Organização das Nações Unidas (ONU),o crescimento da população global vai exigir um nível de produção 60% mais alto do que temos hoje. O mesmo vale para o consumo de água que deve crescer em torno de 40% no mesmo período. Desse modo, só poderemos ser bem-sucedidos por meio de inovações que aumentem a produtividade e a eficiência no uso dos recursos naturais.

“Na Thought For Food, estamos focados em criar mudanças positivas para o nosso sistema alimentar global. Precisamos fazer isso porque as abordagens existentes não estão funcionando. Ainda enfrentamos fome, desnutrição e desafios ambientais em nosso planeta finito. Não há tempo a perder. Precisamos encontrar uma maneira melhor!”, Christine Gould fundadora e CEO do Thought For Food.

A partir deste cenário, serão quatro os critérios de julgamento do TFT Challenge 2019:

  1. Inovação: Utilizar tecnologias inovadoras e modelos de negócios para criar um projeto novo e empolgante, de uma maneira nunca vista antes.
  2. Implementação e escalabilidade: As soluções de segurança alimentar exigem metas de curto, médio e longo prazo que não devem terminar quando a concorrência terminar. O projeto deve ser implementável, com potencial de escalabilidade que coloca a sustentabilidade em primeiro lugar.
  3. Singularidade: O projeto deve se destacar entre a ampla variedade de propostas que vemos, fornecendo soluções inovadoras e incorporando um fator “uau” em termos de apresentação, para que seja notado em um mundo barulhento de inovação e startups.
  4. Espírito de equipe: Ser inovador e empreendedor é uma das coisas mais emocionantes e gratificantes que se pode fazer. No entanto, é também uma jornada longa e exigente. A equipe precisa demonstrar que é capaz de suportar esses desafios e fornecer uma solução que melhorará a vida.

(Foto: divulgação)

Informações de Mercado

Acesse nossas publicações

Análises do segmento de foodservice, estudos econômicos, papers relevantes, documentos selecionados para a sua tomada de decisão. A inteligência de mercado do IFB ao seu dispor.

Nome*
E-mail*
Empresa*