Informações de Mercado

Acesse nossas publicações

Análises do segmento de foodservice, estudos econômicos, papers relevantes, documentos selecionados para a sua tomada de decisão.

A inteligência de mercado do IFB ao seu dispor.

Quer conhecimento estratégico?
Seja bem-vindo!

Clique, consulte, baixe.

Entrar
Sustentabilidade

Jovem Aprendiz de Cozinha: a aposta da Nestlé para promover a empregabilidade

Postado em 28 de agosto de 2017

 

Para o público que assiste ao programa MasterChef, o rosto de Laurent Suaudeau talvez seja desconhecido. Prestes a completar 60 anos, e há 30 deles no Brasil, Laurent faz parte de uma legião francesa de chefs que chegaram aqui entre as décadas de 1970 e 1980 e fundamentaram os alicerces da alta gastronomia no país, operando dentro das cozinhas de hotéis (como o extinto Le Méridien, no Rio de Janeiro, onde Suaudeau trabalhou) e depois comandando restaurantes próprios.

Hoje, o mestre devota sua arte e experiência à transmissão de conhecimentos. Na sua Escola de Arte Culinária Laurent Suaudeau, em São Paulo, ele ministra cursos, imersões e workshops para profissionais da área. Desde 2015, Suaudeau é também colaborador do Jovem Aprendiz de Cozinha, uma iniciativa da Nestlé para capacitar jovens em situação de vulnerabilidade social, matriculados em cursos de auxiliar de cozinha, e apoiar sua inserção no mercado formal de trabalho.

O programa é uma extensão do Young Culinary Talents, ação da Nestlé Professional (divisão de foodservice da empresa) presente em toda a América Latina e voltada a fomentar ferramentas que promovam a inclusão e a empregabilidade.

“Só no Brasil, mais de 100 jovens já foram capacitados pela iniciativa”, diz Marcelo Citrângulo, diretor da Nestlé Professional.

O Jovem Aprendiz de Cozinha visa suavizar a transição sempre pedregosa entre a fase de estudos e o primeiro emprego. Os selecionados recebem informações sobre nutrição, saúde e bem-estar, além de treinamentos no uso profissional de produtos para alimentação fora do lar. Em parceria com a consultoria Cia de Talentos, contam com dicas sobre desenvolvimento de carreira e vivenciam o contato com Laurent e o chef confeiteiro Flavio Frederico, outro parceiro da Nestlé.

“Ao final, 12 jovens são selecionados para um curso de cinco meses no Instituto Laurent”, diz Citrângulo. “O Instituto também é responsável por encaminhar esses jovens para estágios de um ano em restaurantes renomados de São Paulo.”

A troca de experiências ajuda a transformar a realidade e a lapidar o talento desses futuros profissionais de cozinha, que se beneficiam do contato com participantes de anos anteriores. O programa agora vai ganhar sua terceira edição. Oitenta jovens foram selecionados por instituições parceiras e por Flávia Sá, chef de Nestlé Professional que coordena a capacitação.

“A terceira edição do programa contará com novidades na programação, a entrada de um módulo sobre cafés, que será ministrado pelo barista Tiago Santos a fim de aproximar o jovem do mundo do café, segmento que ganha cada vez mais relevância na gastronomia atual e para o mercado de alimentação fora do lar”, diz Citrângulo.

O Jovem Aprendiz de Cozinha se insere dentro de uma iniciativa maior da Nestlé, batizada de Nutrindo o Sonho dos Jovens, que agrega ações voltadas à inclusão social e ao fortalecimento do capital humano (como a capacitação a moradores de comunidades no entorno das fábricas da empresa) e visa impactar 9 mil jovens de baixa renda até 2010.

“A realização do programa está alinhada à estratégia da Nestlé em criar valor compartilhado para a sociedade, trazendo sucesso para o nosso negócio”, diz Citrângulo. “A capacitação e treinamento são grandes ferramentas para inclusão desses jovens na vida profissional. Temos um compromisso global e local para promover a empregabilidade da nova geração.”

Informações de Mercado

Acesse nossas publicações

Análises do segmento de foodservice, estudos econômicos, papers relevantes, documentos selecionados para a sua tomada de decisão. A inteligência de mercado do IFB ao seu dispor.

Nome*
E-mail*
Empresa*